Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2015
Como Voltar Para Deus
Pr. Stina


Para Ouvir ligue ou aumente o som de seu computador Todos os que não colocam a Deus como o centro de sua vida experimentam uma triste solidão. Mas você pode estar se perguntando: como posso voltar para Deus? Milhões já fizeram a mesma pergunta. Muitos estão insatisfeitos com a vida, frustrados, desiludidos, e não encontram uma saída. O pecado criou uma barreira. Uma inimizade no coração humano, contra os princípios do Reino do Céu, a ponto de criar até uma revolta, e por isso a pessoa acaba ignorando a Deus e vivendo sem Ele. O livro de Efésios capítulo 2:12, descreve a infelicidade que existe nesses corações:"Estranhos às alianças da promessa, não tendo esperança, e sem Deus no mundo." O apóstolo Tiago põe cores fortes na linguagem, para descrever a condição natural do ser humano: "Infiéis, não compreendeis que a amizade do mundo é inimiga de Deus? Aquele, pois, que quiser ser amigo do mundo, constitui-se inimigo de Deus." Tiago 4:4 Meu ami…
Imagem
Quem é o Meu Próximo? Pr. Stina


Para Ouvir ligue ou aumente o som de seu computador Quem é o nosso próximo? A quem realmente devemos nos importar e demonstrar o nosso amor cristão? Jesus quando aqui andou contou uma parábola muito impressionante, para mostrar quem é o próximo. Esta parábola está relatada em Lucas 10:25-35. Nós conhecemos bem a história: Um homem viajava de Jerusalém para Jericó; ou poderia ser, viajava de São Paulo para Santos, ou Rio de Janeiro à Nova Friburgo; no caminho ele foi assaltado por marginais que além de roubarem todos seus pertences, o maltrataram cruelmente, abandonando-o muito ferido, quase à morte. Jesus contou esta história ao um doutor, "Intérprete da Lei" (V.25) a quem demonstrava que o único caminho para a vida eterna era o: "Amar a Deus em primeiro lugar e amar o próximo como a si mesmo. A isto o doutor perguntou, "E quem é o meu próximo?" Na história do Bom Samaritano, os indivíduos não são idendificados pelos nomes, mas caracte…
Imagem
Lei, Graça e Salvação

Pr. Stina


Para Ouvir ligue ou aumente o som de seu computador Como seres humanos, sempre corremos o perigo de assumir posições extremas. Este perigo ocorre também no âmbito religioso. Sempre quando estudamos a Lei de Deus, precisamos nos precaver de dois erros: 1º) tentar pelos próprios esforços agradar a Deus. Isto resulta numa grande falha que está no senso de justiça própria, onde julgamos obter salvação pelos nossos atos. 2º) é pensar que a fé em Jesus isenta da obediência. Este erro é tão prejudicial como o primeiro. Neste programa vamos tentar compreender este tema tão importante. Os apóstolos que, inspirados por Deus, escreveram vários livros da Bíblia, nos ajudam a compreender onde está o ponto de equilíbrio neste assunto. Vamos ler o que encontramos em Efésios 2:8 a 10 - "Porque pela graça sois salvos mediante a fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie. Pois somos feituras dEle, criados em Cristo Jesus, para boa…
Imagem
Uma Bênção Chamada Lei

Pr. Stina


Para Ouvir ligue ou aumente o som de seu computador Você acha que lei e graça combinam? Que funções desempenha a lei? A lei é uma bênção ou uma maldição? A palavra lei, soa um tanto forte para alguns. Porém, se compreendida em sua origem e propósitos, compreenderemos seu benefício para cada um de nós. A lei de Deus é o reflexo de Seu caráter, e isto realmente é um ponto de inestimável valor. Os atributos da Divindade são apresentados pela Bíblia em situações variadas. Quando Moisés rogou a Deus para ver Sua face, o Senhor lhe respondeu: "Não poderás ver a minha face, porquanto homem nenhum verá a minha face e viverá. Farei passar toda a minha bondade diante de ti e te proclamarei o nome do Senhor". Êxodo 33:19 e 20. E no capítulo 34:6 e 7 lemos: "e passando o Senhor por diante dele, clamou: Senhor, Senhor Deus compassivo, clemente e longânimo, grande em misericórida e fidelidade, que guarda a misericórida em mil gerações, que perdoa a iniquida…
Imagem
Jesus e a Lei

Pr. Stina


Para Ouvir ligue ou aumente o som de seu computador O que Jesus ensinou sobre a lei? Como Jesus se relacionou com a Lei? Jesus em sua vida demonstrou a mais alta consideração pela Lei de Deus. Tanto antes de iniciar Seu ministério, como durante o mesmo. Jesus nunca deixou qualquer dúvida quanto aos propósitos santos e imutáveis da Lei de Deus. No sermão da Montanha, Ele disse: "Não penseis que vim revogar a lei ou os profetas; não vim para revogar, vim para cumprir". São Mateus 5:17. Com este testemunho e outros mais encontrados nos Evangelhos, a mensagem de Cristo produziu uma fé que sustentou firmemente a validade do Decálogo. Podemos afirmar seguramente que Cristo veio não apenas redimir o homem, como também veio sustentar a autoridade e santidade da lei de Deus. Com sabedoria Jesus apresentou a grandeza e glória da lei e ainda ofereceu um exemplo de como relacionar-se corretamente com ela. O próprio Cristo cumpria a lei, não para anulá-la, nem para destr…
O Juízo

Pr. Stina


Para Ouvir ligue ou aumente o som de seu computador Estamos agora diante de uma cena de julgamento. Não vemos uma tribuna mas tronos e num deles se assentou o ancião de dias, Aquele que sempre existiu. A sua roupa não é uma toga preta, mas é branca como a neve, e os seus cabelos são brancos como a lã. (Dan. 7:9). Ele é Aquele a quem foi dada toda autoridade para julgar: "Portanto Deus estabeleceu um dia em que há de julgar o mundo com justiça, por meio de um varão que destinou e acreditou diante de todos, ressuscitando o dentre os mortos" (Atos 17:31). O nome do juiz é Jesus, o leão da tribo de Judá, também chamado de Cordeiro de Deus e conhecido como Maravilhoso Conselheiro, Deus forte, Pai da eternidade e Príncipe da paz. (Isa. 9:6). Livros são abertos com os registros e autos de cada nome. Um dos livros é o livro da vida (Apoc. 20:12), que contém o nome de todos aqueles que alguma vez creram no sacrifício de Jesus para serem salvos. (S. Lucas 10:20; Fil. 4:3; …
As Três Fases do Juízo

Pr. Stina


Para Ouvir ligue ou aumente o som de seu computador Muitos de nossos amigos ouvintes tem escrito perguntando sobre o julgamento. Trata-se de um assunto muito significativo, e no programa de hoje vamos falar sobre As Três Fases do Juízo. As três fases são: Investigativa, Judicativa e Executiva. Cada fase é marcada por um grande acontecimento. Para que possamos compreender o assunto do juízo, precisamos começar com a profecia de Daniel 8 porque o juízo está relacionado com a purificação do Santuário. E a Bíblia diz: "E até 2.300 tardes e manhãs e o santuário será purificado". Daniel 8:14 Para saber quando começou a purificação do santuário, precisamos saber quando terminaram as 2.300 tardes e manhãs. Em Ezequiel 4:6-7, a Bíblia ensina que um dia equivale a um ano, portanto 2.300 tardes e manhãs são 2.300 anos. Precisamos saber onde o período termina, mas para sabê-lo, precisamos saber quando começa. Em Daniel 9:23-27, encontramos o fio da meada. O per…
Existe Mesmo Inferno?

Pr. Stina


Para Ouvir ligue ou aumente o som de seu computador
A crença popular ensina que quando uma pessoa morre, se foi boa, vai para o Paraíso; se foi má, vai para o Inferno.

Há também uma doutrina chamada purgatório, que existe em conexão com a doutrina do inferno.

Mas o que a Bíblia ensina sobre este assunto?

Se estudarmos a Bíblia com cuidado, vamos descobrir que ao Jesus voltar a esta terra, "os mortos ouvirão a Sua voz e sairão: os que tiverem feito o bem, para a ressurreição da vida; e os que tiverem praticado o mal, para a ressurreição do juízo". João 5:28-29.

A Bíblia também ensina que quando Jesus voltar, Ele se assentará no Seu trono para julgar o mundo "com justiça".

Seria possível harmonizar as doutrinas da Volta de Jesus e da Ressurreição, com a doutrina do inferno?

Se quando alguém morre, vai ou paraíso, ou para o inferno ou mesmo para o purgatório, qual seria a importância ou o significado da ressurreição e mesmo de um julga…